#spfw20a 4ºdia: Do Candoblé à Stanley Kubrick

   Olá Pessoal! O São Paulo Fashion Week continua e a vontade de estar nele também. É muito gostoso saber mais sobre qual tendência vai estar em alta? Qual foi a inspiração do estilista? Ler e ouvir comentários das pessoas mais conceituadas da moda nacional e aprender um pouco com eles é muito gratificante. A moda como uma expressão da arte e da história faz com que meu apreço por ela não tenha fim.

O quarto dia do evento foi assim como os outros dias, INCRÍVEL! O desfile de Giuliana Romanno mostrou a mulher contemporânea com doçura e cortes minimalistas. As peças tiveram um toque mais híbrido, ou seja, tiveram algumas calças que pareciam saias, vestidos que pareciam com duas peças. A cartela de cores foi bastante delicada que apoiam-se nos tons de azul, branco e amarelo.

4 dia spfw 4 dia spfw1

Direção criativa: Giuliana Romanno; Styling: Pedro Sales; Beleza: Silvio Giorgio; Trilha: Deborah Falci; Direção geral: Zee Nunes; Inspirações: Bahia, busca por paz e serenidade; Materiais: Laise geométrico vazado que lembra renda, seda, jacquard de seda duchesse, o vichy devoré e linho.

O segundo desfile do dia foi do Lino Villaventura, para quem não sabe, além de ser estilista, Lino é figurinista de teatro, isso explica muito a veia performática que ele adora usar nos desfiles bem como, na sua criação no universo cênico. Esse talentoso estilista paraense preza pelos materiais exóticos como palha e peles de cobra além de valorizar  o trabalho manual na confecção de suas peças. Nessa coleção os elementos característicos de Lino esteve lindamente presente nas peças que continham muitos bordados e caimentos assimétricos.

spfw 4 dia 2spfw 4 dia 3spfw 4 dia 4

Direção criativa :Lino Villaventura; Beleza: Marcos Costa; Trilha sonora: Felipe Venâncio; Direção de desfile: Lino Villaventura e Augusto Mariotti; Inspirações: Nenhuma em especial; o próprio repertório da marca. Materiais: Seda pura, organza, gaze de seda pura, gaze devorê, tule de seda.

O desfile de Patricia Viera fez meu coração bater mais forte nessa coleção para o verão. Amei as cores, saias godês, dourado, estampas bem tropicais e pasmem, tudo em couro!!! Patricia Viera se apaixonou pelo couro quando foi trabalhar para uma linha de sapatos, a Company e Companhia dos Pés, depois disso ela em sua criação transforma o couro em peças lindas que muitas vezes é preciso tocar na peça para perceber que não se trata de um outro tecido.

patricia vieira parícia vieira 2 patrícia vieira 3

Direção criativa: Patricia Viera; Styling: Felipe Veloso; Beleza: Max Weber; Trilha sonora: Zé Pedro; Inspiração: Costa Rica; Materiais: Couro pintado à mão, couro com efeito de laise, couro rendado, franjas e macramês feitos do material.

Os tons neutros e laços grandes marcaram o desfile da Acquastudio assinado por Esther Bauman. As influências do japonismo é vista nesse desfile de uma maneira muito inusitada, a estilista trouxe o Japão através da representação da cerejeira que, para quem não sabe, é uma flor que simboliza Deusas.

acquastudioacquastudio 1

Lenny Niemeyer é bastante conhecida por suas peças de biquínis, também pudera, ela cria biquínis inesquecíveis desde 1979 quando atuava em grandes marcas como Fiorucci e Andrea Salleto. Nesta coleção ela se inspirou no carnaval e fez uma leitura mais sobrea dessa festa perpassando desde o malandro no início do desfile com listras em seguida o pierrô nos losangos e naipes de baralho, depois lembrando da Carmem Miranda mais contida na mistura de listras e flores e, por fim, a quarta-feira de cinzas com os tons neutros sem esquecer das serpentinas.

lenny lenny 2 lenny3 lenny4

Direção criativa: Lenny Niemeyer; Styling: Daniel Ueda; Beleza: Silvio Giorgio; Direção e casting: Zee Nunes e Bill MacIntyre; Design de luz: Maneco Quinderé; Trilha: Dynamic Coral e Orquestra; Direção orquestra: Maestro Renato Zanuto; Inspiração: Os clássicos bailes de Carnaval e blocos de fantasia; Materiais: Crepe, lycra, linho, georgette de seda, algodão texturizado.

 O desfile da GIG Couture está a cara do meu universo, muito vintage! A grife teve como inspiração os anos 60, com saias godês e cintura marcada. As candys colors deram um toque todo especial que as “girlies” adoram e os acessórios um ar todo futurista. Gina Guerra conseguiu dar texturas aos tricôs causando um efeito único combinando com a inspirações da art noveau do arquiteto Charles Mackintosh.

GIG Couture GIG Couture 2 GIG Couture 3

Direção criativa: Gina Guerra; Styling: Daniel Ueda; Beleza: Robert Estevão; Trilha sonora: DJ Bitt; Direção de desfile: Ruy Furtado; Inspirações: A geometria, o art noveau e as cores do arquiteto escocês Charles Mackintosh e os anos 60; Materiais: Tricô com diferentes texturas, efeito tridimensional, jacquard no tricô.

Ousadia é a primeira palavra que me vem à cabeça para descrever o desfile Têca por Helô Rocha. Inspirada nas religiões afro-brasileiras como o candomblé e os orixás, Helô propôs para o verão de 2016 muito poder à mulher brasileira. Comemorando 10 anos da marca, esse desfile impactou e mostrou que são apenas os 10 primeiros anos de muitos que estão por vir, assim esperamos!

Têca Têca2 Têca3

Direção criativa: Helô Rocha; Stylist: Daniel Ueda; Beleza: Henrique Martins; Trilha: Zé Pedro; Direção de desfile: Zé Pedro; Inspiração: Orixás da Bahia, crença do candomblé e o axé; Materiais: Rendas, crochê manual, bordados, franjas de pedrarias.

O penúltimo desfile do dia foi da Iódice. Valdemar Iódice e Simone Nunes mostraram uma forte influência nordestina em sua coleção. Os tons terrosos foram as cores principais dando destaque para o amarelo que remete ao azeite de dendê. A simplicidade e o luxo se misturam nessa coleção assim como as misturas de estampas.

iodice Iodice 2

Direção criativa: Valdemar Iódice; Estilo: Simone Nunes; Styling: Pedro Sales; Beleza: M.A.C; Trilha sonora: Max Blum; Inspiração: Nordeste do Brasil; Materiais: Rendas, couro, tecidos naturais como algodão, seda e linho rústico.

E, para finalizar Samuel Cirnansck teve uma inspiração que na minha opinião foi simplesmente fantástica! Um suposto baile no filme O Iluminado de Stanley Kubrick,  é genial. Com certeza ele conseguiu imprimir essa ideia que carrega o mistério e o suspense com muito glamour. As cores predominantes são preto e branco com toques de dourado. Fiquei sonhando acordada com um vestido desses, in love!

Samuel samuel 2

Direção criativa: Samuel Cirnansck; Styling: Samuel Cirnansck e equipe; Beleza: Celso Kamura; Trilha sonora: João Kaarah; Inspiração: Um suposto baile acontecido nos anos 20 no Hotel Overlook, do filme “O Iluminado” (1980); Materiais: Bordados de cristais, tule, cetim de seda, plumas, jacquard, organza.

Bom pessoal, assim eu finalizo essa sexta e que o clima do SPFW inspire vocês nesse feriadinho!

Beijos e, não deixem de curtir a matéria do último dia do SPFW que vai ao ar amanha aqui no blog!

Caroline Rodrigues

#universovintage

Meu Look RICCIERI no SPFW 20 anos

DCIM100GOPRO

Para quem ainda não viu, segunda-feira, dia 13 de Abril, o Blog Universo de Saia foi convidado pelo Shopping Iguatemi Ribeirão Preto para prestigiar  o São Paulo Fashion Week, que celebra 20 anos do maior evento de moda da América Latina, post AQUI e AQUI. Para nós que amamos o mundo da moda, esse convite nos deixou eufóricas e cheias de alegria. Participar desse evento é um sonho desde quando era menininha e buscava saber quais eram as cores e tendências para as próximas estações. Adorava sonhar acordada, montando os looks, imaginando como iria combinar com as roupas que já tenho ou como poderia adapta-las para aquela estação que estava por vir. Participar desse evento foi mágico, encontrar pessoas do universo da moda que sempre admirei como Constanza Pascolato, Gloria Kalil foi indescritível.

E, um evento como esse, merece uma produção especial! A empresa Cecilico Multimarcas juntamente com a Riccieri veio completar a minha felicidade com o look que usei no evento. Quem nunca ouviu falar da qualidade e conforto das peças da Riccieri?! Ela, que está no mercado desde 1981 traz novidade e inovação a cada coleção. As mulheres antenadas piram!

Riccieri

O look que eu escolhi foi uma blusa de couro ecológico e uma saia de comprimento midi que está super em alta.

IMG_5007

Essa mistura de texturas com o scarpin vermelho deixou o look sofisticado e elegante. A  estampa pied de poule na saia, trouxe o estilo clássico e vintage que eu adoro.

 IMG_5009

Saia e blusa Riccieri (Cecilino Multimarca)/ Scarpin Schutz/ Colar Espaço ND/ Pulseiras Swarovski e Espaço ND.

Quem quiser mais informações sobre a Riccieri é só acessar www.riccieri.com.br ou o blog que tem várias dicas de moda http://blog.riccieri.com.br/

Se você for de Ribeirão Preto e região e quiser mais informações sobre a marca é só procurar a Cecilino Multimarca.

Os sapatos são da Schutz Shopping Iguatemi.

Beijo e acompanhem o blog porque essa semana ainda tem muita informação sobre o #spfw20a.

Caroline Rodrigues

#universovintage

Universo de Saia no São Paulo Fashion Week – SPFW Verão 2016

O Universo de Saia completa 3 meses de vida amanhã, e o que parecia um sonho distante tornou-se realidade muito antes do esperado. A convite do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto, saímos do nosso querido interior em direção a capital do estado, para cobrir o primeiro dia do evento de moda mais badalado do país, o São Paulo Fashion Week.

agencia_fotosite1

Foto: Agência Fotosite

O simples fato de poder estar no evento já nos deixou nas nuvens, mas as surpresas não pararam por ai… Conferimos de camarote os desfiles da Uma Raquel Davidowicz e PatBo, ao lado das renomadas divas do universo das blogueiras, Thássia Naves, Lalá Noleto, Camila Coutinho, Luísa Ferreira, Mariah Bernardes Maia e Lia Camargo.

20150413_182611

Caroline Rodrigues e Melina Cais com a top blogueira Thássia Naves.

thassia_mama IMG-20150414-WA0000

Marcela Ferreira e Marília de Toledo com Thássia Naves e Lalá Noleto.

20150413_194045

Universo de Saia com a linda e super simpática Lalá Noleto.

2015-04-14 03.37.30

Melina Cais e Caroline Rodrigues com Lia Camargo, do blog Just Lia.

20150413_170306

Universo de Saia com a blogueira Mariah Bernardes Maia.

20150413_200330 20150413_200345

Caroline Rodrigues e Melina Cais com Camila Coutinho, do blog Garotas Estúpidas.

2015-04-14 03.38.25

20150413_181156

Universo de Saia com Luísa Ferreira, do blog Chata de Galocha.

20150413_200526 20150413_200539

Melina Cais e Caroline Rodrigues com Yan Acioli (Personal Stylist da Sabrina Sato) e Fernando Bento.

IMG-20150414-WA0004

Marcela Ferreira não deixou de prestigiar a belíssima modelo e apresentadora Mariana Weickert – confira a matéria dela na GNT aqui.

mari_ma

IMG-20150413-WA0030

Caroline Rodrigues e Melina Cais com Arlindo Grund – stylist, professor universitário e apresentador do Esquadrão da Moda, no SBT.

20150413_203923

Costanza Pascolato – empresária e consultora de moda ítalo-brasileira.

IMG-20150413-WA0035

O lounge VIP do Shopping Iguatemi estava incrível, contando com a presença do queridíssimo produtor de eventos Joel Reis, e das lindíssimas Carola Duarte e Mili Pavan, blogueiras e embaixatrizes do Shopping Iguatemi Ribeirão Preto, Tami Licia, blogueira e Letícia Teixeira, do Shopping Iguatemi São Paulo.

20150413_214603

20150413_224934

Blog Universo de Saia com a topíssima Yasmin Brunet.

DSC_0591

20150413_163742

Aguardem hoje a noite a cobertura completa dos desfiles que rolaram no primeiro dia do SPFW. A nossa querida Melina Cais, do Universo Fashion, está preparando para vocês um super post, não deixem de conferir!

Beijos

Marília 
#Universo Alternativo

Mistura fina parte II

Olá pessoal, como vão?

Olha eu novamente falando sobre misturar estampas, eu adoro essa opção que deixa o look mais interessante e despojado. Já falei aqui antes sobre mix de estampas e o como usar CLIQUE AQUI. A mistura de estampas é quase um tabu entre muitas pessoas, talvez seja por causa da falta de informações de como usar. Hoje irei dar outro exemplo de como vocês podem usar, misturando florais com listras. A mistura de estampas é uma excelente alternativa para quem quer sair do óbvio, brincar com a moda e ainda, garantir um look moderno.

No exemplo acima, elas usaram listra com cores mais neutras e uma opção entre as listras é a cor branca. Assim fica mais fácil combinar com outras estampas. Uma dica bem interessante para quem quer misturar florais com listras é buscar uma peça com listras preto e branca e floral com fundo preto, dessa forma você deixa o visual mais sóbrio.

Essa mistura com o floral é ideal para nosso país que apresenta o clima tropical, para sair de dia, passear com as amigas, apostando em óculos bem descolado e sapatos e bolsas com cores fortes.

Inspirada nessa mistura boa de cores e estampas eu montei esse look para encontrar minhas amigas num chá da tarde super descontraído.

Eu escolhi saia de cintura alta com listras brancas e azuis e t-shirt com estampas de girassol para alegrar o visual.

mix de estampas girassol

T-shirt girassol da Linda de Morrer que comprei na Boutique Proposta/ Saia (acervo pessoal)/ Alpargatas da Artesania Espanhola/ Brincos e pulseiras: Espaço ND/ Óculos que comprei na Endossa.

Boa semana pessoal, beijos

Caroline Rodrigues

#universovintage

As Clássicas do Zé Ramalho

 ... e depois (melhor agora, será?)

Esse ano o Ribeirão Shopping está arrasando nas atrações. No mês de Maio, Caetano Veloso irá fazer uma apresentação do seu último CD Abraçaço, Melina Cais Fez um post super legal falando sobre esse show, clique aqui. A MBP estará presente mais uma vez com o magnifico cantor Zé Ramalho tocando várias de suas músicas que fizeram e fazem sucesso nesses 30 anos de carreira. O show vai acontecer nesse final de semana dia 11-4-2015 no centro de eventos do Ribeirão Shopping, mais informações acesse o site: http://www.ribeiraoshopping.com.br/eventos/ze-ramalho

O show já está chegando e o blog Universo de Saia irá aproveitar para fazer um esquenta relembrando alguns dos maiores sucesso desse artista que enche os brasileiros de orgulho.

Antes (olha o naipe do mano na época da composição)...

É fato que toda boa letra tem uma história interessantissíma por trás, isso acontece com a letra da música “Chão de Giz”. Zé Ramalho, ainda bem jovem, conheceu uma mulher, bem mais velha, no carnaval, e teve um relacionamento duradouro com ela. No entanto, essa tal mulher era casada com um cidadão muito influente da sociedade de João Pessoa, na Paraíba, onde ele morava.

Zé Ramalho ficou perdidamente apaixonado por ela. Mal sabia ele que ela jamais abandonaria um casamento de interesse, luxo e conforto, para ficar com um garoto ” que não tinha um gato para puxar pelo rabo”. Ela apenas usava-o para satisfação sexual. O “caso” que tomou proporções enormes terminou um tempo depois. Zé Ramalho ficou desolado por meses, e como morava perto da tal mulher, mudou até de casa, para não ter mais que cruzar com ela. Nesses longos meses de sofrimento, compôs a música Chão de Giz, que relata toda essa história de uma paixão não correspondida.

“No mais, estou indo embora” como encerra-se a canção. É a despedida de Zé Ramalho, relatando que a fuga é o melhor caminho e uma decisão madura para deixar de sofrer. Ele muda de cidade e nunca mais a vê.

Uma das músicas mais emblemáticas do Zé Ramalho é a “Avohai”. Essa música foi escrita por ele para homenagear seu avô que o criou. Zé Ramalho perdeu seu pai muito novo e seu avô fez o papel de pai e avô, ele se chamava Raimundo é por isso que o nome da música é Avohai, ou seja, avô e Rai (de Raimundo), ou avô e pai. Uma curiosidade sobre o título dessa música é que Zé Ramalho em uma entrevista disse que ele recebeu o nome através de um assopro extraterrestre e entidades sensoriais 20 anos depois da morte do seu pai. Segundo ele, a palavra Avohai é mística “representa a continuidade da espécie, passar a sabedoria de uma geração para outra. Quem presta atenção na letra pode ficar um pouco confuso, mas ela representa uma espécie de mosaico de imagens nordestina misturada com a fase em que Zé Ramalho teve forte influência de livros esotéricos, poesia, bem como, contato com substancias alucinógenas trazendo essa sensação de viagem nas letras das suas músicas compostas nessa fase.

Outra música que é comumente conhecida é a “Admirável Gado Novo” , sua letra traz elementos marxista como, alienação, exploração do homem pelo homem, lutas de classes, crítica ferrenha ao capitalismo quando faz referencia a “engrenagem”, “sente a ferrugem lhe comer”, “gado”, “povo marcado”,  entre outros. Carregada de forte crítica social, ela foi escrita no auge da ditadura militar e tem uma clara referencia ao romance de Aldous Huxley “Admirável Mundo Novo”., que conta a história de uma sociedade hipotética no qual as pessoas não apresentam possibilidades de contestação, se algum habitante dessa sociedade apresentar alguma contestação seu pensamento era dissipado com uma droga chamada “soma”.

Outra canção que merece destaque é a “Garoto de Aluguel”, muitos devem ter ouvido falar que essa música é autobiográfica, pois diz respeito à um período em que Zé Ramalho era garoto de programa. Contudo, a história não é bem assim, não no contexto de garotos de programas que temos atualmente. Quando Zé Ramalho foi para o Rio de Janeiro tentar ser músico, passou muitas dificuldades, morou um ano na rua e, segundo uma entrevista que deu para a Revista Isto é Gente,

 

ze ramalho

Bom pessoal, vou parar por aqui senão o post vai ficar gigantesco. Eu adoro saber as curiosidades das músicas, poderia ficar horas pesquisando sobre esse assunto e vocês? Se souberem de mais alguma, compartilhe conosco aqui nos comentários!

Grande Beijo e vamos ouvir música boa!

#universovintage

CarolineRodrigues

Fontes: http://www.recantodasletras.com.br

http://www.zeramalho.com.br

Isto é Gente

http://www.viafameine.jor.br/entrevista